BLOG

"Um blog preparado para você que ama
Decoração, Ambientes, Arquitetura."

A vez do azul na decoração

 

Para cada gosto, um tom de azul de diferente. Uma cor que nunca sai de moda agora chega com mais força e marca presença na decoração, em ambientes cada vez mais monocromáticos. Móveis, paredes, objetos e até tetos ganham a mesma cor. Mas a monotonia passa longe, já que o leque de possibilidades é grande, com muita variação de tonalidades, desde as suaves até as intensas.

Se você nunca deu muita atenção para o azul na decoração, que tal começar a pensar nisso? Você não precisa se jogar de cabeça e “azular” tudo o que vê pela frente, mas a cor da esperança garante um espaço alegre, despojado e inovador. Se você gosta da ideia mas não quer radicalizar, vale escolher diferentes tons de azul e destacar móveis e objetos.

Se você possui uma base neutra, por exemplo, um azul intenso, azul Klein ou azul BIC cai muito bem para criar o impacto que seu ambiente merece. Você pode eleger uma parede e deixa-la com um tom, mesclando-o com objetos em tons diferentes. Por exemplo, uma parede azul escuro harmoniza bem com móveis e objetos em tons mais claros. Assim, você cria um espaço que chama atenção, mas que não fica carregado.

A cor do mar pode ser usada em azulejos, poltronas, jogos de cozinha, tapetes, cortinas, sofás, vasos e até em panelas. Daí, surge outra aposta, que é utilizar o azul pontualmente, para fazer com que as atenções se voltem a determinado objeto – uma obra de arte, uma peça de design, até mesmo um tapete, por exemplo. Azul combina com branco e cores neutras, mas combina também com laranja, amarelo, rosa, verde, cinza, ou qualquer outra cor. Tudo depende da forma de utilização.

Clique Aqui e Fale Conosco por
Whatsapp